Experiências transmídia: palestra internacional aborda a interseção das mídias no CTS Game Studies

Pesquisadores internacionais apontam como a convergência das mídias influencia a produção e o consumo de conteúdo

No dia 26 de maio, quarta-feira, às 18h, o CTS Game Studies sediará uma discussão sobre atividades transmídia. Os pesquisadores Drew Davidson e Charles Palmer demonstrarão como diversas mídias têm se beneficiado da interseção de umas com as outras. Franquias como, por exemplo, Dead Space e The Matrix revelam narrativas que começam em um formato e terminam em outro, confirmando o conceito de crossmedia e como diversas experiências, incluindo a dos jogos eletrônicos, têm feito bom uso dessa estratégia para dialogar com diversos públicos. Os palestrantes apresentarão situações onde várias mídias e formas de narrativa se cruzam e discutirão como a experiência crossmedia é um elemento essencial do ambiente midiático atual.

O encontro trará experiências em ambientes crossmedia na palestra de Drew Davidson, diretor do Centro de Entretenimento e Tecnologia (ETC) da Universidade Carnegie Mellon (CMU), e Charles Palmer, diretor do Centro para Tecnologias Avançadas de Entretenimento e Aprendizado (CAELT) da Universidade de Harrisburg.

Nota-se hoje, o crescente desenvolvimento de mundos fictícios com diversos pontos de entrada para o usuário, onde se abrem amplas possibilidades de acesso e participação dentro da narrativa: desde como espectador passivo até como agente interativo. Serão analisados exemplos de ambientes crossmedia onde o papel do game designer e do educador são fundamentais para o processo de desenvolvimento. Serão também discutidos ambientes que ilustram como a incorporação e o cruzamento de mídias e formas de narrativas diversificadas podem funcionar como ponte e conexão entre os mundos virtuais e seus fãs, assim como proporcionar um espaço instigante para que esses mundos possam ser explorados de forma plena.

A entrada é franca e o evento é aberto a todos os interessados, oferecendo especial interesse a universitários, entusiastas, jogadores, pesquisadores e desenvolvedores de jogos eletrônicos; assim como profissionais das áreas de educação e novas mídias.

Video

Fotos

  
  
  
  

 


Biografia dos participantes:

Drew Davidson é diretor do Centro de Entretenimento e Tecnologia (ETC) da Universidade Carnegie Mellon. Ele atua na área de mídia interativa como professor, produtor, consultor, e escritor, e possui doutorado em Comunicação pela Universidade do Texas em Austin. Drew é participante ativo no campo de desenvolvimento de narrativa para textos interativos, quadrinhos, jogos eletrônicos, e cross-media e é consultor para diversas empresas, instituições, e organizações como a New Media Division of Holt, Rinehart and Wiston. Ele foi instrumental na criação do Simpósio Sandbox para o congresso ACM SIGGRAPH, e na fundação do centro de Mídias Aplicadas e Jogos Simulados da Indiana University of Pensylvania.  Drew lidera iniciativas patrocinadas pela fundação MacArthur e gerencia projetos na área de educação e mídia digital como o YouMedia, sediado na biblioteca pública de Washington D.C. Ele possui inúmeros artigos, livros, e textos que discutem formas de narrativa para mídias interativas, os jogos sérios, e teorias de análise sobre gameplay. Suas publicações, incluindo o livro Stories in between: narratives and mediums @ play (ETC Press, 2008), estão disponíveis on-line através do site thoughtmesh.net. Seu último livro: Cross-Media Communications tem previsão de lançamento para 2010.

Charles Palmer é diretor do novo Centro para Tecnologias Avançadas de Entretenimento e Aprendizado (CAELT) na Universidade de Harrisburg na Pensilvânia, onde gerencia e lidera o desenvolvimento de narrativas e formas de entretenimento digital. Charles é professor, administrador, e produtor na área de mídia digital interativa e antes de assumir a liderança do centro CAELT, atuou como professor do Centro de Tecnologia e Entretenimento (ETC) na Universidade Carnegie Mellon desde 2004.  O centro CAELT foi criado a partir de um acordo de parceria com o ETC em 2007, e utiliza a tecnologia Synthetic Interviews. Essa tecnologia foi desenvolvida pelos departamentos de Informática e Artes da Universidade Carnegie Mellon, e possibilita o reconhecimento de voz do usuário e sua interação com personagens virtuais históricos ou fictícios, como Albert Einstein ou Benjamim Franklin.


Serviço:

26 de maio (quarta-feira) às 18h

FGV - Praia de Botafogo, 190 – 12º andar; Rio de Janeiro

Entrada franca

Atendendo às diretrizes da FGV, não será permitida a entrada de pessoas trajando bermudas e/ou chinelos.

Haverá tradução simultânea das falas em inglês para as palestras.

 

Sobre o CTS Game Studies:

O CTS Game Studies é um projeto de pesquisas acadêmicas e desenvolvimento de jogos eletrônicos desenvolvido pelo Centro de Tecnologia e Sociedade (CTS) da FGV DIREITO RIO. Seu objetivo é promover uma análise crítica acerca da mídia dos games e estudos para compreender essas obras digitais como um veículo de manifestação comunicativa, artística e cultural. Para tal, o núcleo realiza eventos, elabora artigos e desenvolve jogos eletrônicos que possam transmitir essa mensagem a diferentes públicos.

Sobre o CTS:

O CTS é o Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito da Fundação Getulio Vargas no Rio de Janeiro. Criado em 2003 e dirigido pelo professor Ronaldo Lemos, o CTS tem como missão institucional estudar as implicações jurídicas, sociais e culturais advindas do avanço das novas tecnologias de informação e comunicação, desenvolvendo projetos relacionados àquelas áreas. O termo "sociedade" denota, assim, a abertura disciplinar do CTS para as áreas não jurídicas.

Seção: