Desastre ambiental de Mariana (MG) é debatido em Colóquio de Estudos Empíricos

quarta-feira
09/11/2016

Desastre ambiental de Mariana (MG) é debatido em Colóquio de Estudos Empíricos

Desastre ambiental de Mariana (MG) é debatido em Colóquio de Estudos Empíricos

A Escola de Direito do Rio de Janeiro da FGV (Direito Rio) realizou, no dia 7 de novembro, o VIII Colóquio de Estudos Empíricos. O evento, organizado pelo Centro de Pesquisas em Direito e Economia (CPDE), tem como objetivo apresentar algumas das pesquisas empíricas desenvolvidas pelos centros de pesquisa da Escola.

Em sua oitava edição, o evento trouxe para o debate questões e tensões contemporâneas relevantes no cenário jurídico e político nacional. O primeiro painel foi dedicado ao desastre ambiental ocorrido em novembro de 2015 no município de Mariana, em Minas Gerais. Também foi debatido, no segundo bloco, as relações entre o direito e os espaços públicos sob a perspectiva das relações socioculturais que constituem as cidades. Por fim, os pesquisadores debateram sobre algumas questões atuais que interrogam o Poder Judiciário brasileiro.

O evento também foi marcado pela inauguração da exposição de fotografias feitas por alunos e pesquisadores da Direito Rio durante a pesquisa de campo realizada em abril de 2016 na região onde ocorreu o desastre ambiental da Samarco, no município de Mariana.

Realizado anualmente desde 2008, o Colóquio de Estudos Empíricos tem se consolidado como espaço de intercâmbio de experiências e desafios metodológicos situados em estudos de questões sociais contemporâneas e relevantes para se pensar o Brasil.