Livros da Direito Rio estão entre os finalistas do 59º Prêmio Jabuti

quarta-feira
04/10/2017

Livros da Direito Rio estão entre os finalistas do 59º Prêmio Jabuti

A Escola de Direito do Rio de Janeiro da FGV (Direito Rio) tem duas publicações entras as finalistas do Prêmio Jabuti 2017. A coleção “História Oral do Supremo” e o livro “Controle judicial de uma administração pública complexa: A experiência estrangeira na Adaptação da Intensidade do Controle” estão entre os 10 indicados ao prêmio na categoria Direito, que em 2017 chega a sua 59ª edição.

Com a proposta de contribuir para o conhecimento e o aprimoramento das instituições democráticas e republicanas do Brasil, a coleção História Oral do Supremo visa mobilizar esforços no sentido da construção de uma inédita base de dados qualitativos sobre o Supremo Tribunal Federal (STF), composta por entrevistas realizadas com aqueles que compuseram a corte entre 1988 e 2013. O projeto é realizado pela Direito Rio em parceria com a Escola de Direito de São Paulo (Direito SP) e com a Escola de Ciências Sociais (CPDOC)

Já o livro “Controle judicial de uma administração pública complexa: A experiência estrangeira na Adaptação da Intensidade do Controle”, de autoria do professor Eduardo Jordão, faz um estudo comparado sobre o tratamento dado aos procedimentos utilizados para a determinação concreta da intensidade do controle judicial das ações administrativas no direito do Canadá, Estados Unidos, Itália e França.

Criado em 1958, o Jabuti é o mais tradicional e consagrado prêmio do livro no Brasil, destacando a qualidade do trabalho de todas as áreas envolvidas na criação e produção de um livro.

Para conhecer os finalistas, acesse o site.