Larissa Campos

Larissa Campos
IE Law School

Estudar seis meses em Madrid foi uma das experiências mais incríveis e marcantes da minha vida. Viver sozinha, estudar em outro idioma e conviver com outras culturas gera um crescimento pessoal sem outro igual.

Sob o ponto de vista acadêmico foi muito enriquecedor porque tive a possibilidade de cursar matérias de diferentes cursos: Economia, Relações Internacionais, Psicologia e Direito. Dessa forma pude conviver com pensamentos e questionamentos sempre diferentes e que constantemente colocavam em cheque as "minhas verdades". 

Para a minha vida pessoal não há nem palavras. Conhecer novas pessoas, experimentar novas comidas, conhecer novos lugares... Enfim... tudo novo! Tanta novidade gerou um impacto em mim. Também me sinto revigorada, uma nova pessoa. Encerrar a minha faculdade me sentindo renovada é muito prazeroso. 

Meu maior desafio foi lidar com a solidão nas primeiras semanas. Nunca tinha vivido sozinha e tinha receio de não saber conviver apenas comigo mesma. Mas me enganei... logo fiz amigos e mesmo quando estava sozinha aprendi a apreciar cada momento sem necessariamente dividi-lo com alguém. 

Não é possível elencar um único momento marcante nessa experiência, mas a possibilidade de conhecer a Espanha foi algo que me deixou muito feliz. Sempre quis conhecer de forma mais profunda a história e as cidades espanholas. Nesses meses pude concretizar essa vontade. Depois de muitas viagens de trem e free tours, posso dar essa missão como concluída.

A escolha pela IE Law School foi devido a dois pontos importantes: (i) é uma universidade renomada na Europa e com isso eu poderia ter aula com alunos de diversos lugares e (ii) possui vários cursos de qualidade e que eu poderia assistir aulas que não fossem do Direito. A escolha por Madrid foi por querer conhecer essa cidade e porque sua posição no centro da Espanha era geograficamente favorável para o meu desejo de conhecer o país. 

Desde o início da faculdade eu tenho a intenção de fazer um intercâmbio. Queria testar minhas habilidades no inglês, no espanhol e vencer o meu medo de viver sozinha. Depois desses meses posso me considerar testada e aprovada nos três pontos. E ainda saio com o bônus de ter conhecido novos lugares e novas pessoas. 

Viver em Madrid é usufruir constantemente de uma infraestrutura de qualidade. Um metrô que te leva para todos os lugares sem qualquer empecilho. É experimentar a tranquilidade dos madrilenhos ao saber que se pode transitar pelas ruas a qualquer hora do dia sem medo. É uma cidade com diversas facetas. É moderna com seus grandes teatros. É cultural com seus incríveis museus. E é história ao valorizar pontos turísticos como la Plaza Mayor, la Puerta del Sol, la Plaza Cibeles e el Templo de Debod. 

Agora me vejo no final da faculdade. Já com a colação de grau marcada e pronta para entrar de forma definitiva no mercado de trabalho. Com tantos desafios à frente, me sinto mais segura e forte para enfrentá-los. Penso em seguir a advocacia e, em breve, iniciar um mestrado. 

Sou extremamente grata por ter tido a oportunidade de realizar um intercâmbio. Esses 6 meses me trouxeram grandes ensinamentos que pretendo trazer para o meu país. Posso dizer hoje em dia que não tenho dúvidas de que é possível tornarmos o Brasil um país de "primeiro mundo". A tarefa não é fácil, mas tampouco é impossível.