Centro de Excelência Jean Monnet recebe número recorde de inscrições para próxima edição do curso EU-South American School on Global Governance

terça-feira
21/07/2020

Centro de Excelência Jean Monnet recebe número recorde de inscrições para próxima edição do curso EU-South American School on Global Governance

Centro de Excelência Jean Monnet recebe número recorde de inscrições para próxima edição do curso EU-South American School on Global Governance

Nessa segunda-feira, dia 20 de julho, foi divulgada a lista de candidaturas aprovadas para a próxima edição do curso EU-South American School on Global Governance, do Centro de Excelência Jean Monnet da FGV Direito Rio (CEJM), financiado pela Comissão Europeia. Em resposta ao COVID-19, a organização do curso optou, no segundo semestre de 2020, pela transmissão digital de todas as aulas, o que atraiu um número recorde de 1397 candidaturas de estudantes de instituições de ensino de todo Brasil e também do exterior.

As candidaturas recebidas incluem residentes de 25 estados e do Distrito Federal, bem como cidadãos da Bolívia, Canadá, Espanha, Holanda, Panamá, Paraguai e Portugal. Além de alunos(as) da graduação, mestrado, doutorado e pós graduação da área do Direito e Relações Internacionais, o processo atraiu alunos e profissionais de outras áreas, como Ciências Sociais, Administração, História, Filosofia e Economia. Com base nas respostas ao questionário virtual e na análise de currículos, a coordenação do curso selecionou os perfis mais qualificados e que representassem a diversidade inédita das candidaturas recebidas.

As aulas da EU-South American School on Global Governance ocorrerão de agosto a dezembro em plataforma virtual e serão ministradas pelos professores nacionais e internacionais que compõem o CEJM. Além da participação dos docentes da FGV Direito Rio, destaca-se o envolvimento de acadêmicos e especialistas de alto nível de instituições parceiras nacionais e internacionais, de países como Bélgica, Itália, Holanda, França e Reino Unido, além do Parlamento Europeu, ao longo dos três anos de projeto. Os professores abordarão as práticas da União Europeia em governança global e sua relevância para a América do Sul, bem como uma variedade de tópicos nas três principais áreas de pesquisa do Centro: Regulação Global; Litigância Global; e Direitos Humanos e Democracia.

Para a professora titular do CEJM, Paula Wojcikiewicz Almeida, o número recorde de candidaturas decorre da excelência do corpo docente e do reconhecimento da qualidade do trabalho desenvolvido pelos programas Jean Monnet na FGV, que se cristalizou pelo oferecimento do Módulo Jean Monnet (2010-2013) e da Cátedra Jean Monnet (2015-2019). Com entusiasmo, a equipe do Centro de Excelência Jean Monnet agradeceu a todas e todos que demonstraram interesse em no curso e parabenizou os estudantes selecionados neste concorrido processo seletivo.