Prisão de ex-chefe do FMI acende o debate sobre poder da Justiça

sexta-feira
08/07/2011

Prisão de ex-chefe do FMI acende o debate sobre poder da Justiça

Em Maio deste ano, o ex-diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI) Dominique Strauss-Kahn renunciou ao cargo após ser acusado de tentativa de estupro por uma camareira em Nova York e foi preso quando voltava à França, seu país natal. Em artigo publicado pela Folha de S. Paulo, o professor Joaquim Falcão aponta que o caso abre debate que ultrapassa as fronteiras de EUA e França. "A combinação entre o poder dos procuradores em abrir inquéritos, dos policiais colocarem algemas, a repercussão na mídia e as consequências políticas decorrentes pode ser explosiva" afirma Falcão.

Leia o artigo na íntegra:

 

Leia mais notícias: